01 outubro 2009

Let Go

A trincheira que criei para o meu último desejo inconfesso foi derrubada quando a sua boca encostou na minha. Um susto. Uma delícia. Estava inaugurada uma nova era de intimidade entre nossos lábios, muito além dos cigarros e segredos alegremente compartilhados.
(Não é curioso que, me conhecendo tão bem, você ainda não conhecesse o meu gosto?)
Agora eu me entrego em ombros nus e cabelos despenteados ao vento que entra pela janela aberta do seu carro, como me entrego a você sempre que vejo os seus olhos furta-cor se turvando em um tom de verde perigosamente cheio de convites. E eu nunca perco tempo te perguntando para onde estamos indo, porque você não conseguiria me ouvir por causa da música sempre tão alta - e, afinal, para que fazer perguntas tão prosaicas quando a manhã seguinte e a vida real parecem tão distantes?
Sei que o seu mundo é feérico demais para a minha alma de leite quente, mas não me queixo. O momento em que te adoro mais é justamente aquele – pra lá da décima dose, a centímetros de um beijo tantas vezes ensaiado - em que seu sorriso me convence de que não faz sentido calar nossas vontades se tudo passa tão rápido.

8 Comentários:

Blogger Cristian disse...

Eita! tem que pensar que o dia seguinte não vai chegar! pensamentos positivos sempre! hehehe!

8/10/09 00:37  
Blogger ::Soda Cáustica:: disse...

menina. por onde andas? sumiu!

9/10/09 00:02  
Anonymous Tenório disse...

Muito bom esse texto, colega. Me lembrou da escritora Tatina Salem, já ouviu falar? Compre o livro 'A chave de casa'.

Minha alma de leite quente é muito bom.

Parabéns!

18/11/09 22:44  
Anonymous Edson Macedo disse...

E não é que por muito q a gente se queira desviar, nada mais bonito do que se entregar? E quando se recebe igual à entrega? O dia seguinte as vezes precisa de ser vivido apenas neo momento do dia seguinte mesmo... às vezes!

1/4/10 08:42  
Blogger Sunflower disse...

Perguntar pelo amanhã é querer chorar hoje pelo leite que ainda há de ser derramado.

13/12/10 11:11  
Blogger ariane. disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

26/3/11 16:01  
Blogger ariane. disse...

Seus textos são lindos!
:*

26/3/11 16:02  
Blogger Cabaré Romântico disse...

O melhor jeito de se deixar ir e nunca mais pensar em voltar.

Um beijo .

Ana.

30/3/11 09:24  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial